Transgressor e rebelde, rock and roll mantém legado vivo através das gerações

Mesmo tendo surgido no século passado, o estilo musical se mantém presente e moderno, devido ao teor político e a preocupação social das letras, o que torna o gênero cada vez mais atemporal

Hoje é dia de rock, bebê! Pelo menos, é dia de conhecer um pouco mais sobre a história desse ritmo que tem atravessado gerações, causado revoluções na música e no mundo e feito todo mundo tirar o pé do chão. Ou melhor, balançar a cabeça, já que no rock o objetivo é não deixar o corpo parado.


Tudo começou na década de 1950, lá nos Estados Unidos. O impacto cultural africano na sociedade norte-americana, ajudou a compor um novo ritmo que mistura jazz, folk, country e rhythm and blues, estilos bem populares do período. Assim, nasceu um gênero musical que segue embalando uma legião de fãs. 


De lá para cá, diversas bandas se destacaram com uma sonoridade empolgante e, por vezes, rebelde. Pautas políticas e letras carregadas de reflexão começaram a integrar os discos dos maiores artistas do rock e o estilo musical ficou cada vez mais associado a um discurso transgressor e socialmente provocativo. 


No Brasil, isso ficou ainda mais evidente no período da ditadura, quando muitas bandas acabaram surgindo a partir de protestos contra o regime, na década de 50. Quem ganhou fama também foram os artistas que se propuseram a fazer um som mais melódico e a partir daí que o estilo começou a fazer sucesso entre os jovens brasileiros da época. 


Bandas como Ultrage a Rigor, Titãs e Legião Urbana conseguiram ganhar um status bem elevado falando da vida cotidiana e da juventude brasileira da época. Até hoje, as canções continuam tocando no rádio devido a atemporalidade das temáticas. 


Uma dessas bandas que segue carregando fãs devido às letras memoráveis é o Dire Straits. Formada em 1977 por um grupo de músicos britânicos, eles marcaram o mundo do rock com canções como “Romeo and Juliet", "Sultans of Swing","Money for Nothing","Tunnel of Love", "Walk of Life", "When It Comes to You", "You and Your Friend" e "On Every Street". 


Agora, com o show “Dire Straits Legacy”, um projeto em permanente evolução que se afasta do clichê de reunião ou tributo, para manter viva a memória dessas  e outras canções, eles desembarcam em Vitória prometendo uma apresentação carregada de história e nostalgia. 


Com show marcado para o próximo dia 29 de maio, no Espaço Patrick Ribeiro, em Vitória, os assinantes do Clube A Gazeta podem concorrer a uma guitarra autografada pelos integrantes da banda e ainda ganham 30% de desconto no valor do ingresso. Não dá para perder, né?


Compartilhe